Postagem em destaque

GAy Por Dinheiro ( destruir duas vidas)

Tudo começa na grande São Paulo,sempre fui cavona no modo de fala,na verdade simples.vim para São Paulo estuda e ter uma vida melhor, mais n...

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Lamber cu pode trazer riscos à saúde?

   Você quer fazer um sexo anal gostoso e pretende lubrificar o anus de sua(seu) parceira(o) dando uma lambidinha básica? Ou quer simplesmente intensificar o sexo oral e explorar outras cavidades? O sexo oral anal, ou simplesmente lamber o cu, existe desde que o homem é homem. Muito antes do beijinho no ombro o chamado beijinho grego já alimentava e estimulava as relações sexuais mais diversas possíveis. Dizem que o homem primata, por sua posição curvada, com as mãos no chão, abusava muito dessa prática. Mas o que nos interessa é o homem atual: em tempos de DSTs, HIV, Escherichia coli, HPV, gripe suína, câncer de reto, salmonelas e diarreias, é seguro encostar a língua no cuzinho? 


Vamos com calma! O anus pode ser, de fato, um ambiente um tanto inóspito. A regra inicial de qualquer explorador anal é fazer um reconhecimento de campo. Quando você vai comer um cachorro-quente de rua, é bom antes dar uma averiguada superficial nas condições higiênicas do local, certo? Se ver uma barata andando pelas ervilhas, um ovo de codorna escuro, é bom se afastar e procurar outro vendedor. Com o cu é a mesma coisa. A olho nu muita coisa pode ser detectada, então verifique as condições locais: todo cu possui vestígios de fezes, mas você não precisa vê-los, correto? Coliformes fecais visíveis é sinal de que o lugar pode ser barra pesada. Feridas também não caem bem, podem indicar infecções e má higiene.


Ao se aproximar do amigão, dê uma cheiradinha. Nada explícito, por favor, como se fosse um cachorro de rua. Um cu limpo e saudável possui um cheiro bem aceitável. Se algo ruim emanar do grandioso túnel, é bom pegar o primeiro retorno que encontra.


Colocar um dedinho também pode ser uma boa. Passe o dedo na boca, para ele entrar com mais facilidade, e enfie-o no buraquinho. Se ele voltar sujo, é sinal de que o canal está um pouco entupido e talvez seja bom manter distância.


Se tudo aparentar estar OK, talvez o sinal esteja de fato verde e então é só seguir em frente. Mas tome cuidado: ao lamber o cu,tente não ser muito invasivo. A língua deve passear em torno do anelzinho e, no máximo, entrar um pouco. Enfiar o linguão lá dentro talvez te ajude apenas a descobrir o que a pessoa jantou.
Após o ato, não deixe de escovar os dentes.Um enxaguante bucal também não é uma má ideia. Recomendação: evite que a pessoa perceba que você está limpando a boquinha por causa do cuzinho dela. Ela pode não ficar feliz.

Caso você tenha preguiça disso tudo ou seja uma pessoa muito precavida, ainda há solução, não se desespere. Você pode usar uma camisinha de língua. Isso mesmo, elas existem. E nós temos um artigo sobre elas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário